Brand(ing)
vs
Marketing

Brainstorming (tempestade de ideias, em português) é uma técnica que de compartilhamento espontâneo de ideias para encontrar soluções para um problema ou gerar insights de criatividade. É essencial que envolva um número mais elevado de participantes pois essa pluralidade de ideias é o pilar da técnica. Para que seja bem-sucedido, o processo deve focar em quantidade, não em qualidade.

De acordo com a teoria do pensamento criativo, a melhor forma de chegar a uma ideia brilhante é ter muitas ideias. Assim, mesmo as mais absurdas são levadas em conta para, no fim, possibilitar um filtro que permita eleger as que se mostram mais apropriadas.A técnica, cunhada por Alex Osborn, pode ser empregada para quase todos os fins, a única ressalva é que o objetivo da sessão deve ser determinado antes do seu início, de modo a garantir que as ideias sejam, de alguma forma, direcionadas à solução do problema em questão.

Para que apresentem resultados eficientes, todas as sessões de brainstorming devem seguir o mesmo modelo, ou seja, estimular o compartilhamento de ideias sem julgar sua relevância antes do fim do procedimento. Ainda assim, existem dois tipos diferentes dessas dinâmicas de grupo: o estruturado e o não estruturado.

O primeiro é organizado em rodadas. Em um tempo previamente determinado, os participantes têm espaço para expor seus pensamentos e defender a razão pela qual acreditam que eles são relevantes. Esse modelo estimula a participação de todos, mas pode colocar certa pressão nos mais tímidos. Já o segundo modelo não define uma ordem para a exposição de insights ou mesmo um limite de tempo para a conclusão do raciocínio. Assim, o compartilhamento de ideias não é feito em rodadas, mas sim de acordo com o surgimento delas. Embora proporcione um ambiente mais relaxado, é preciso cuidar para que o braistorming não seja dominado por um número reduzido de participantes.

Sempre que possível, os participantes devem ser os mais diversos, de várias disciplinas. Essa multidisciplinaridade de experiências pode tornar as sessões mais criativas. No entanto, não faça grupos muito grandes: times de cinco até sete pessoas são geralmente os mais eficazes.

Quais são os princípios e regras do brainstorming? O principio é que todas as ideias devem ser vistas como iguais, mesmo as que soarem absurdas ou sem sentido. Caso contrário, um bom insight pode ser perdido. Outro princípio é o estímulo à quantidade de ideias, deixando suas qualidades como fator secundário. Quanto mais pensamentos expostos, maiores as chances de chegar a uma solução criativa e eficiente. Ao final, as melhores ideias podem ser combinadas e convertidas em ações. Se isso não acontecer, o processo não faz sentido. Dessa forma, para ser eficiente, pense em:

  • focar em quantidade, não em qualidade;
  • evitar tecer críticas ou comentários negativos;
  • apreciar ideias fora do comum;
  • combinar as ideias mais relevantes;
  • discutir meios para colocá-las em prática.

O que não fazer no brainstorming?

Condenar a ideia dos outros: Ao juntar pessoas com diferentes pontos de vista, personalidades e abordagens de trabalho, é muito comum que algumas ideias pareçam ruins, ou até mesmo absurdas, em determinados momentos da discussão.Mesmo assim, não permita que um participante condene rapidamente a ideia de um colega pois essa ideia “ruim” ou absurda pode ser o insight para uma boa ideia.

Interromper o fluxo criativo: para que boas ideias possam ser transformadas em algo concreto, elimine qualquer distração.Isso inclui ligações no meio da conversa, pessoas que não fazem parte da discussão entrando na sala para fazer perguntas ou passar recados e até mesmo ruídos vindos de fora do ambiente. A cada momento que a conversa é pausada, o fluxo criativo é interrompido, ou seja, os participantes podem começar a pensar em outros assuntos e perder a linha de raciocínio.

Deixar que a conversa se torne uma palestra: Se a conversa é em grupo, é de vital importância que todos na sala opinem sobre o problema que está sendo considerado. Por isso, jamais permita que a sessão se transforme em uma palestra onde apenas uma pessoa fala.

Permitir conflitos o tempo todo: Conflitos são normais, porque enquanto uma solução é apresentada, novas variáveis podem vir à tona e ajudar a refinar a ideia inicial. O problema é deixar que os conflitos aconteçam o tempo todo, o que pode atrapalhar o processo. Se esse for o caso, o foco rapidamente vai mudar, e o que era para ser uma busca pela resolução de um problema passará a ser uma guerra para ver quem tem os melhores argumentos.

Não levar o brainstorming adiante: O último problema que você deve evitar é não levar o brainstorming adiante. É verdade que pode ser bem divertido realizar essas sessões, mas o objetivo final é transformar ao menos parte das visões e hipóteses levantadas em realidade. Então, certifique-se de que tudo o que for proposto inicialmente terá a devida avaliação depois e de que as ideias mais promissoras serão levadas adiante.

Como fazer um brainstorming?

Para começar, tome medidas para garantir que todos cheguem preparados à reunião. Para isso, é fundamental que os participantes sejam comunicados com antecedência do caráter do brainstorming, ou seja, com qual tipo de problema será preciso lidar durante a sessão. Assim, eles podem realizar pesquisas e leituras que vão alimentar sua criatividade.

Apresente o problema

Comece apresentando detalhadamente o objetivo da sessão. É preciso que todos os pontos relevantes sejam abordados, de modo a não deixar passar nada. Conforme a sessão for se desenrolando, mantenha o foco sempre no problema principal.

Modere a discussão com equilíbrio

Dê espaço para que todos contribuam e para que as ideias sejam propostas aos poucos, de forma que cada participante consiga acrescentar novas informações ao que é dito por outro. Pensando nisso, não deixe que uma pessoa exponha tudo o que pensade uma vez só. Desse modo, a conversa permanece dinâmica.

Tome nota de tudo

Anote absolutamente tudo o que for considerado — até daquelas ideias que pareceram absurdas — , a fim de avaliar as implicações de cada uma depois e fazer uma espécie de peneira.

Quais são as principais técnicas para utilizar na hora do brainstorming?

Preparação prévia

Não basta reunir um grupo em busca de ideias, é preciso apresentar o problema ao grupo e passar algumas coordenadas. Uma equipe que estuda o assunto e foca os seus esforços na resolução do problema antes da reunião pode trazer ideias e soluções mais eficientes durante o brainstorming.Portanto, o ideal é delegar materiais de estudo individuais para que a equipe pense e se esforce, separadamente, buscando soluções para o problema proposto.Em seguida, uma reunião com a equipe para apresentação das soluções propostas pode gerar muito mais resultados, seja pela soma de ideias, seja pela descoberta de uma solução superior às demais.

Análise SWOT

Trata-se de um mapeamento que busca identificar, em âmbito interno e externo, as fraquezas, forças, ameaças e oportunidades de um determinado negócio. Quando aplicada ao brainstorming, essa técnica sugere a criação de uma representação gráfica da atual situação da empresa ou de um departamento específico. Assim, os participantes apresentam maior facilidade para compreender a totalidade do problema a ser solucionado.

Método do gatilho

A ideia é basicamente usar opiniões iniciais como ponto de partida para outras ideias melhores. Então, o primeiro passo é discutir o maior número de sugestões possível, mesmo as que parecem ineficazes. Depois, as melhores são escolhidas e usadas como gatilho para que a equipe tenha ainda mais insights. O processo é repetido até que a solução final seja encontrada.

Teleporte

Nessa abordagem, a equipe é encorajada a se imaginar enfrentando o mesmo problema em diversos cenários diferentes.Imaginar, por exemplo, que você precisa lidar com o tema em questão residindo em outro estado, país ou até planeta faz a mente trabalhar de forma diferente. Assim, o cenário mirabolante pode ser o ponto de partida para o surgimento de uma estratégia genial.

Mudança de atributo

A técnica de mudança de atributo segue a mesma linha imaginativa do teleporte. Porém, em vez de se imaginar em um cenário diferente, o participante é encorajado a se imaginar na pele de outra pessoa. Assim, a equipe tenta pensar sobre o problema a partir de um ponto de vista de pessoas de outro sexo, cor, gênero, classe, altura etc.

Mindmapping

Que tal resumir o problema em, no máximo, 3 palavras? Esse é o 1º passo para aplicar a técnica de mindmapping (ou mapa mental) durante o brainstorming. Funciona assim: a partir dos 3 termos que sintetizam o problema, você e a sua equipe pensarão em palavras relacionadas e as escreverão em uma grande folha, sempre ligando umas às outras com uma linha.Depois de esgotar as ideias para as 3 palavras originais, faça o mesmo para as palavras derivadas. Prossiga até preencher todo o espaço ou até surgir uma boa ideia no meio do caminho.

Brainstorming oposto

Em vez de propor soluções, o líder pede que os participantes imaginem ações que possam ampliar o problema. Em uma primeira impressão, você provavelmente achará esse caminho estranho, mas garantimos que ele pode ser bem eficiente, pois te permite analisar todos os detalhes e facetas do problema.

E aí, pronto para executar o brainstorming e encontrar soluções criativas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts relacionados

TikTok chega a 1 bilhão de usuários ativos mensais

TikTok chega a 1 bilhão de usuários ativos mensais

TikTok chega a 1 bilhão de usuários ativos mensais Foi divulgado pelo blog oficial que a empresa chegou a 1…
O que é marketing digital

O que é marketing digital

O que é marketing digital Marketing Digital é a promoção de produtos ou marcas por meio de mídias digitais. Ele…
Organização e Planejamento

Organização e Planejamento

Organização e Planejamento Sem organização o seu planejamento vai por água abaixo! O planejamento é a estratégia para realizar determinado objetivo, a…

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Inscreva-se em nossa Newsletter

Ótimas dikas diretamente no seu email.